Skip to main content

Marketing Digital: como aplicar o Inbound Marketing?

Muito se fala de Inbound Marketing. Deve ser porque os conceitos do marketing tradicional e das propagandas intrusivas estão dando lugar a um método que se baseia em ganhar o interesse das pessoas, fazendo com que os potenciais clientes procurem a empresa, e não o contrário.

O que é Inbound Marketing?

Como aplicar inbound marketng?

É o famoso “marketing de atração”, o Inbound Marketing é uma estratégia inovadora que se baseia em ganhar o interesse das pessoas com o intuito de atrair o potencial cliente para seu blog ou site e, a partir dessa atração, fazer com que ele conheça sua marca de uma forma mais indireta. Ou seja, é o cliente que procura pela empresa ou instituição e não o dono do negócio.

E existem três pilares dentro desta estratégia, são eles: o marketing de conteúdo, SEO e mídias sociais.

O Marketing de conteúdo é a produção de informações que despertam o interesse no leitor em se tornar um cliente. O conteúdo deve ser de relevância e qualidade para atrair os olhares dos potenciais clientes para a empresa.

Já o SEO são técnicas para esse conteúdo gerado esteja logo nas primeiras páginas dos sites de buscas. É um trabalho a longo prazo, mas que fará toda a diferença para o negócio, principalmente, quando o assunto fora trafégo orgânico.

As mídias sociais são uma ótima maneira de envolver e criar aproximação com os consumidores. Além de permitirem um compartilhamento mais fácil e efetivo de conteúdo do que outros canais, as mídias sociais possuem uma grande quantidade de usuários.

Como colocar em prática o Inbound Marketing?

A estratégia de Inbound Marketing combina a produção de conteúdo com automação de marketing e possui uma metodologia baseada em quatro etapas:

1. Atrair tráfego;
2. Converter visitantes em leads;
3. Converter leads em clientes;
4. Encantar os clientes para que se tornem defensores da sua marca.

Atrair tráfego


Para atrair o público certo é preciso, primeiramente, realizar um estudo para entender o público-alvo e criar personas que serão possíveis prospects. Depois de conhecer melhor o público, é hora de conquistar a atenção deles nos meios onde se encontram.

Converter visitantes em leads


O site precisa ter ações para captar o e-mail do visitante e as informações que julgar necessário oferecendo algo em troca, como: ebooks, checklists, manuais, vídeos, consultorias, enfim, algo de valor para o público. Pode ser com landing pages, formulários e botões de Call-to-Action.

Converter leads em clientes


Nessa etapa é a hora do início do relacionamento com cliente. Em alguns casos, o processo de vendas acontece dentro do próprio site da empresa, e em outros é necessário o contato com um vendedor para fechar negócio. As principais ferramentas e táticas para fechar com um cliente são: e-mail marketing, automação de marketing e CRM.

Encantar os clientes


O relacionamento após a venda é necessário, principalmente, se o cliente pode voltar a comprar com a empresa. É importante fidelizar, engajar e encantar esses atuais clientes. Pois, clientes satisfeitos compram mais e, além disso, indicam e promovem a empresa, tornando-se verdadeiros defensores da marca.

Motivos para aplicar o Inbound Marketing


Inbound Marketing custa 62% mais barato do que Outbound Marketing;
Empresas relatam que cerca de 57% dos contatos de cliente adquiridos vieram graças aos blogs;
Uma média de 70% dos internautas clicam em links que resultam de busca orgânica, e não em anúncios pagos, mostrando assim a importância da atividade de SEO para que haja um bom posicionamento de uma empresa na internet;
Cerca de 80% das pessoas fazem busca online. Isso mostra a importância e a demanda de um bom marketing digital.