Skip to main content

Benchmarking no Marketing Digital

Benchmarking no Marketing Digital

Benchmarking pode ser traduzido como “referência”. Na prática, é um processo de análise de mercado que toma como referência uma empresa (ou mais) para analisar a concorrência e o seu posicionamento no mercado.

Para não ficar atrás da concorrência e não perder o timing das novidades, o benchmarking é uma solução para buscar inspirações para direcionar e desenvolver o negócio garantindo seu sucesso.

Independente do ramo do negócio em que a empresa atue, a probabilidade de existir muitas outras empresas com objetivos e público-alvo parecidos é grande.

Quais as vantagens do benchmarking?

O benchmarking é uma maneira vantajosa de ter insights por meio da concorrência. Com ele é possível:

Acompanhar tendências do mercado
Identificar pontos de melhoria
Estabelecer objetivos e metas realistas
Identificar seus diferenciais
Inovar

Como aplicar o benchmarking no marketing digital?

A estratégia do benchmarking serve para empresas de todos os segmentos, independente do seu tamanho. Por esse motivo, é interessante que o marketing da empresa esteja alinhado com a aplicação dessa estratégia.

Fazer o benchmarking no marketing digital é ainda mais necessário por ser um mercado bastante dinâmico. Transforme o que existe em algo melhor, realizando o benchmarking no marketing digital é possível identificar os pontos fracos e fortes da concorrência e planejar ações para melhorar seu negócio.

Então, antes de mais nada, é preciso fazer uma análise da sua própria empresa para encontrar os pontos que precisam ser melhorados e definir o que será analisado. Só depois procure por empresas que podem servir de referência.


Utilize ferramentas de análise da concorrência. Elas podem ajudar a monitorar a concorrência fornecendo uma série de indicadores de marketing digital, como: duração da visita, informações de tráfego, taxa de abandono, dados fornecidos pelas redes sociais, entre outros. Alguns exemplos de ferramentas de benchmarking em marketing online são: Semrush, Página do Google Insight, Alexa, LikeAnalyzer, SocialMention, Buzzsumo, Klou, etc.

Aproveite para elaborar uma tabela para comparar ações e atributos das empresas escolhidas. O objetivo é comparar e analisar todas as informações que conseguir e verificar aquilo que pode ser usado para melhorar seu negócio. O segredo é descobrir os pontos fracos e fortes da concorrência e também os seus. Assim, é possível planejar o marketing digital da sua empresa dentro da sua realidade e conquistar maiores resultados.

Como analisar os concorrentes da empresa

Pesquisa orgânica: quais palavras eles utilizam para falar com os clientes?
Palavras-chave são a base da maioria de estratégias de marketing online. Isso porque são elas que os clientes pesquisam quando procuram por serviços, produtos e informações.

Pesquisa Paga: Como eles conduzem as campanhas de AdWords?
Quando o assunto é dinheiro, análise é indispensável. Por isso, logo depois de conferir a estratégia orgânica do seu concorrente, chega a hora de acessar as campanhas de publicidade paga dele.

Backlinks: quais sites dão links para seus concorrentes?
Os perfis de backlinks têm uma influência enorme sobre os ranqueamentos do Google. Portanto, a análise do seu perfil para encontrar e desabilitar links de confiança duvidosa é de extrema importância.

Mídias Sociais: como seus concorrentes interagem com o público?
Hoje em dia, mídias sociais são uma ferramenta de negócios poderosa.

As empresas fazem de tudo para aumentar o alcance deles com a ajuda de redes sociais, lutam para conseguir mais seguidores, curtidas e compartilhamentos.