Landing page estratégia para marketing digital

Hoje eu vejo campanhas de Google Adwords e Facebook Ads falharem, não trazer o resultado esperado, por falta de uso de uma Landing Page.

Landing Page, traduzindo seria a página de aterrissagem, a página de entrada do visitante no seu site. Geralmente é confundida com a página principal a HOME PAGE. Neste artigo vou detalhar a diferença e a importância de ter uma Landing Page.

 

Qual a diferença da Home Page do site de uma Landing Page?

A principal diferença é que a home do site, a página principal do site, recebe um grande volume de visitas e também contém direcionamento para outras informações como: empresa, serviços, produtos, contato e etc.

Já uma Landing Page tem uma oferta clara, podendo ser de produto/serviço ou conteúdo. E na Landing Page só existem duas opções. Fechar a página ou converter, deixar o contato.

 

Qual a importância da Landing Page?

Em empresas que iniciam no marketing digital começam a levar os cliques de suas campanhas publicitárias (Google Adwords ou Facebook Ads) para uma página do site. O problema é o visitante tem tanto conteúdo que começa a ler outras coisas no site e não deixa o contato dele.

O objetivo dela é capturar informação do visitante, fazer com que ele converta, deixe o seu contato. Para isso ela só pode ter duas opções, fechar a página ou clicar no botão do formulário.

Elas são peças fundamentais na captura e relacionamento com o contato (Lead). Uma boa estratégia de marketing digital deve conter Landing Page para cada etapa do funil de marketing.

 

Quais os tipos de Landing Page

Podemos segmentar as Landing Page  3 categorias, seguindo o funil do marketing digital. O funil de marketing digital dividi-se em Topo, Meio e Fundo.

Topo de Funil: São páginas que contém geralmente uma ISCA, um conteúdo relevante, onde o visitante deixa seu contato em troca do conteúdo. Geralmente aqui os campos para preencher são menores, como Nome e e-mail.

Meio de Funil: Depois que já tem o primeiro contato, você oferta um conteúdo relevante relacionado ao primeiro assunto, porém solicitando mais informações, como: Nome, e-mail, telefone, site da empresa, etc.

Fundo de Funil: O lead, seu contato, já passou pelas 2 páginas acima e agora esta na fase de solicitar uma demonstração ou proposta. Aqui deve-se colocar todas as informações necessárias.

 

Quantas Landing Page devo ter?

Está é uma pergunta que recebo muito em minhas consultorias avulsas e de clientes. A quantidade depende de cada caso, recomendo segmentar por necessidade e montar uma Jornada de Compra, vou falar de uma forma resumida:

Exemplo: Uma empresa tem a necessidade de trazer mais alunos ao seu curso livre. Seria uma sequencia por produto/serviço.

Topo de Funil: A primeira recomenda-se uma chamada para o visitante fazer um download de uma material relevantes, como uma pesquisa, template em excel, ebook ou primeiro capítulo do livro do curso ofertado.

Meio de Funil: Uma direcionada a depoimentos, vídeos, o diferencial do seu curso livre.

Fundo de Funil: Aqui a pode ser a própria intenção de matrícula ou solicitar um contato.

Uso das páginas de captura em relação ao Funil de Marketing e Jornada de Compra.

landing page no uso do funil de marketing

O que contém uma Landing Page?

Muitos especialistas de Marketing Digital, concordamos em algumas coisas que uma boa boa Landing Page deva conter:

  • Logo da empresa
  • Título: USP (Unique Selling Proposition) sua frase de impacto da oferta
  • Subtítulo: complementar a sua ofertar
  • Hero Shot: Uma imagem relacionada a oferta
  • Formulário: Um formulário de contato com informações necessária ao momento do visitante. (lembre-se: Topo, meio e fundo de funil)
  • Botão conversão: Chamamos de CTA (Click to action) um botão para ação, uma frase de impacto e a cor do botão deve ser complementar ao restante da página.
  • Descrição: Passar os detalhes da oferta, o que o visitante ganha deixando o seu contato para ler seu conteúdo?
  • Botões de Compartilhamento: Os botões de compartilhamento é a maneira de um visitante gostar do seu conteúdo e com um clique poder compartilhar aos seus amigos.
  • Ser responsivo, adaptar a todos dispositivos (Tablet, smartphone e computadores)

Conclusão

A “Landing Page” deve ser usada em campanhas publicitárias, pois ajuda a medir a eficiência, direcionada ao público certo e além de ser otimizada a capturar o contato. O conteúdo deve ser relevante para cada etapa do funil; Aprendizado e Descoberta, Reconhecimento do Problema, Consideração da Solução e Decisão de Compra.

Veja exemplos reais de Landing Page em nosso blog.

Agora é com você, recomendo iniciar com uma Landing Page ofertando algum conteúdo relevante ao seu público (Persona). Sabe aquela planilha útil? Que tal compartilhar? Ou aquela ideia/conhecimento que tem, que tal escrever um artigo e salvar em PDF (e-book)?

Marketing Digital para iniciantes um e-book completo

Você pode interessar por um de nossos e-books

Marketing Digital para iniciantes
Ideal para empreendedores e empresários para iniciar corretamente no Marketing Digital

Marketing Viral da teoria à prática
Estratégias para divulgar seu conteúdo na Internet de forma simples e rápida.

Web Analytics na prática
Depois de começar é preciso mensurar se os resultados estão sendo bons. Saiba o que é importante medir.

Como mensurar e otimizar os canais de marketing
Para empresas que já possuem uma maturidade em marketing digital e desejam medir o ROI (Retorno sobre investimento) em cada canal e campanha.